MME enquadra 14 empreendimentos ao Reidi

Eólicas, PCH, CGH e termelétrica, além de empreendimentos de transmissão, receberam benefício

Da Agência CanalEnergia
31/03/2011

O Ministério de Minas e Energia aprovou o enquadramento de 14 empreendimentos ao Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura. Entre eles, nove centrais geradoras eólicas estão incluídas. A Arizona I Energia Renovável implantará a EOL Arizona I, com 28 MW de potência instalada, no município Rio do Fogo (RN). Já a empresa Eólica Icaraí Geração e Comercialização de Energia construirá a EOL Icaraí, em Amontada (CE), com 14,4 MW de capacidade instalada. E a Mel 2 Energia Renovável implantará a EOL Mel 2, com 20 MW de potência, no município de Areia Branca (RN).

A EOL Vento do Oeste, com 19,5 MW de potência, será implantada pela Nova Eólica Vento do Oeste no município cearence de Acaraú. Na mesma cidade, a Nova Eólica Coqueiro implantará a EOL Coqueiros, com 27 MW de capacidade instalada. A Miassaba Geradora Eólica construirá a EOL Miassaba 4, com 28,8 MW de potência instalada, nos municípios potiguares de Caiçara do Norte e São Bento do Norte. Paralelamente, a companhia Sete Gameleiras instalará no município baiano de Santo Sé a EOL Sete Gameleiras, com 28,8 MWde potência. Também neste município serãomplantadasa EOL São Pedro do Lago pela empresa São Pedro do Lago e a EOL Pedra Branca pela empresa Pedra Branca, ambas com 28,8 MW de potência.

A Rondinha Energética implantará em Passos Maia (SC) a PCH Rondinha, com 9,6 MW de potência. Enquanto isso, no município catarinense de Ponte Serrada, a empresa Usina Rio do Mato construirá a pequena central hidrelétrica CGH Rio do Mato, com 1 MW de capacidade instalada. E a Energética Capixaba construirá a UTE Escolha, com 337,56 MW de capacidade, em Cariacica (ES).

A Foz do Iguaçu Transmissora de Energia recebeu o benefício para reforços e melhorias em instalações de transmissão no Paraná. Serão instalados um autotransformador trifásico e dois módulos de conexão, além de uma infraestrutura de módulo geral. A RS Energia, por sua vez, implantará o projeto de transmissão relativo à SE Foz do Chapecó, em Alpestre (RS).

O enquadramento dos empreendimentos foi publicado no Diário Oficial da União da última quarta-feira, 30 de março.








É vedada a utilização e/ou reprodução total ou parcial do conteúdo gerado pelo CanalEnergia sem prévia autorização.

  imprima

  envie esta página

  faça seu comentário
 

|07/04/2014| Fórum da Aneel sobre PCHs muda data para dia 24



|07/04/2014| Frente parlamentar promove seminário de PCHs na Câmara



|24/03/2014| Aneel autoriza operação comercial da EOL Atlântica IV



|21/03/2014| Leilão A-3 tem 527 projetos inscritos com 16.258 MW



|21/03/2014| Liberadas para testes unidades geradoras de duas CGHs no Sul



|18/03/2014| Aneel extingue concessões de 33 pequenas hidrelétricas



|14/03/2014| CMO é impactado por manutenção de turbinas no Norte e Nordeste



|12/03/2014| Abrapch dá posse a nova diretoria e traça planos para biênio 2014/2015



|12/03/2014| Vendedores de 86 empreendimentos no leilão A-5 são habilitados



|12/03/2014| Agenda Setorial 2014 acontece nesta quinta, 13






Para entrar em contato com o CndPCH:
Tel: 21 3433-9113 Fax: 21 3433-9113 e-mail: contato@cndpch.com.br
Copyright 2002 - Todos os direitos reservados a CndPCH
Desenvolvido por ZONA Elétrica