Reservatórios do Nordeste operam abaixo de 5% da capacidade

De acordo com o ONS, região foi a única no país com recuo nos níveis em relação ao dia anterior

Os reservatórios do Nordeste tiveram diminuição nos níveis em relação ao dia anterior e se encontram com 4,9% da capacidade, segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico relativos ao último domingo, 13 de novembro. A energia armazenada ficou em 2.550 MW mês no dia e a energia afluente está em 9% da média de longo termo armazenável acumulada no mês. A hidrelétrica Sobradinho apresenta 2,06% da sua capacidade.

Na região Sudeste/Centro-Oeste os níveis tiveram aumento de 0,1%, deixando os reservatórios com 18,2% da capacidade. A energia armazenada está em 36.982 MW mês e a energia afluente em 103% da MLT. A usina de Furnas trabalha com 9,20% da capacidade e São Simão, com 13,89%.

No Norte do país os níveis permaneceram inalterados e os reservatórios se encontram com 18,9% da capacidade. A energia armazenada chegou a 2.839 MW mês e a ENA ficou em 47% da MLT. A hidrelétrica Tucuruí se encontra com 28,04% da capacidade.

Já no submercado Sul houve elevação de 0,9%, e os reservatórios operam com 58,5% da capacidade. A energia armazenada no dia ficou em 11.759 MW mês e a energia afluente está em 142% da MLT. A usina de G.B Munhoz opera com 60,60% da capacidade.

Outras informações sobre níveis de armazenamento, bem como a geração de gráficos comparativos, podem ser acessadas na Seção Reservatórios do Monitor, disponível para assinantes do CanalEnergia.