Base de remuneração bruta da Celesc-D será de R$ 5,7 bilhões

Valor da base de remuneração líquida ficou estipulado em R$ 3 bilhões

A Agência Nacional de Energia Elétrica definiu em despacho publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 22 de julho, a base de remuneração da Celesc-D (SC) para o quarto ciclo de Revisão Tarifária. A base de remuneração bruta ficou em R$ 5.731.213.883,73. Já a base de remuneração líquida é de R$ 3.006.598.393,63. A taxa de depreciação média ficou estipulada em 3,78% ao ano.