Celesc energiza nova subestação em Santa Catarina

Obra custou R$ 30 milhões e ainda contempla duas linhas de transmissão

A Celesc (SC) energizará nesta terça-feira, 26 de janeiro, a subestação Concórdia São Cristóvão, reforçando o sistema elétrico de Concórdia e municípios vizinhos. A obra, que custou R$ 30 milhões, contempla ainda duas linhas de transmissão, a primeira, já concluída, de Ponte Serrada até a nova subestação, com extensão de 35 quilômetros, e a segunda, a ser construída, com oito quilômetros, entre a subestação Concórdia São Cristóvão e a atual subestação.
 
Segundo o presidente da Celesc, Cleverson Siewert, com esse investimento, além de proporcionar a expansão do atendimento, a companhia promove melhoria nos níveis de tensão. “Assim, aumentamos a confiabilidade do sistema de distribuição das subestações de Concórdia, Faxinal do Guedes, Seara, Ipumirim e Arabutã”, declarou o executivo.
 
De acordo com a Celesc, Concórdia está localizada no Meio Oeste, um dos polos de maior desenvolvimento agrícola e agroindustrial de Santa Catarina. No meio rural, predominam as agroindústrias familiares, suinocultura, avicultura e produção de leite. Na área urbana, além do comércio bem estruturado, são destaques a indústria moveleira, metalomecânica e o setor gráfico. “Com essa base econômica em franca expansão, há uma demanda crescente por energia elétrica, que a Celesc atende agora com esses investimentos”, resume Siewert.