Cubico confirma queda de torre eólica por falha técnica no Ceará

Empresa disse que incidente está sendo analisado por peritos técnicos

Uma falha técnica ainda não identificada provocou a queda de uma torre eólica no parque Embuaca, no Ceará. A usina pertence a Cubico, empresa composta pelo Banco Santander e por fundos canadenses, e que anunciou recentemente um investimento de R$ 2 bilhões na compra de projetos da Casa dos Ventos no Piauí e Pernambuco. A torre caiu na segunda-feira, 11 de janeiro. Não há informações sobre as condições climáticas na hora da ocorrência. 

 
"A Cubico Sustainable Investment confirma que uma das turbinas eólicas no Parque Eólico de Embuaca apresentou uma falha técnica que fez com que a parte superior da torre da turbina se soltasse da base. As causas do incidente estão sendo analisadas por peritos técnicos e todas as medidas de saúde e segurança necessárias foram tomadas. Após a conclusão de uma investigação completa, a unidade será substituída imediatamente", disse a companhia em nota à Agência CanalEnergia.
 
A torre que despencou era equipada com máquinas da indiana Suzlon. O parque tem 27,3 MW de capacidade instalada e está localizado no município de Trairi, a 130 quilômetros da capital Fortaleza. O incidente em Trairi não é o primeiro no Brasil. Em dezembro de 2014 oito torres eólicas da Eletrosul foram derrubadas pelo vento em Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul.