Santo Antônio enfrenta pedido de arbitragem de contrato

Apuram Inox recorreu a câmara de conciliação de arbitragem da FGV para rescindir contrato com a geradora

A Santo Antônio Energia informou nesta segunda-feira, 14 de dezembro, por meio de fato relevante publicado no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que recebeu o pedido de instauração de arbitragem perante a Câmara FGV de Conciliação e Arbitragem da Fundação Getúlio Vargas. O pedido foi feito pela Aperam Inox que requer a rescisão do contrato de compra e venda de energia ao volume de 59,76 MW médios o que corresponde a 2% dos compromissos de venda de energia da geradora.
A Santo Antônio alega que é improcedente o pedido formulado pela cliente, pois esta desconsiderou as medidas liminares judiciais obtidas pela geradora e que “afastam o alegado inadimplemento”.