Tarifas da Bandeirante Energia terão aumento médio de 16,14%

Novo valor entrará em vigor a partir da próxima sexta-feira, 23 de outubro

A Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou na última terça-feira, 20 de outubro, a revisão tarifária periódica da Bandeirante Energia. O efeito a ser percebido pelos clientes da concessionária será de um aumento médio de 16,14%. Na baixa tensão, a elevação média é de 15,37%, enquanto na alta tensão, de 17,09%.

A nova tarifa entrará em vigor a partir da próxima sexta-feira, 23 de outubro, para 1,7 milhão de unidades consumidoras localizadas em 28 municípios de São Paulo, concentrados nas regiões do Alto Tietê e do Vale do Paraíba.