Após desligamento por queda de frequência do SIN, Angra 1 volta a operar

Medida ocorreu por conta de oscilação na rede elétrica externa

A usina nuclear Angra 1 (RJ-640 MW) foi desligada automaticamente na última terça-feira, 22 de setembro, às 11:36 horas, devido a uma forte queda na frequência do Sistema Interligado Nacional. Angra 1 operava normalmente, com 100% de potência, quando houve a oscilação na rede elétrica externa. Segundo a Eletronuclear, a operação da usina já foi restabelecida na madrugada desta quarta-feira, 23, e deve atingir 100% da capacidade até o fim do dia.

O desligamento automático é um procedimento de segurança em decorrência de uma alteração de frequência no SIN – sistema de transmissão de energia elétrica do Brasil, formado pelas empresas das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e parte da Região Norte. É por esse Sistema que a energia da Central Nuclear de Angra dos Reis chega aos principais centros consumidores do país.