Aneel excluí 18 usinas do MRE e autoriza o retornou de outras 10

Relação foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 21 de setembro

A Superintendência de Regulação dos Serviços de Geração da Aneel publicou no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 21 de setembro, a relação de hidrelétricas que deverão ser excluídas do Mecanismos de Realocação de Energia a partir de 1º de janeiro de 2016. A lista compreende 18 usinas, entre elas as PCHS Paes Leme, Paiol, Colino e Barra Clara.

Além disso, a Aneel ainda determinou que a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica promova o retorno compulsório ao MRE das hidrelétricas Porto Góes, Caraju e da PCH Salto a partir de 1º de janeiro de 2016. Outras sete usinas poderão retornar ao MRE no ano que vem.

Excluídas do MRE a partir de 1º de janeiro de 2016

CGH Matipó
PCH Paes Leme
CGH Congonhal II
PCH Congonhal I
CGH Pirapó
PCH Paiol
CGH Pinheiros II
CGH Rio das Furnas
PCH Colino 1
CGH Rio Chapéu
PCH Barra Clara
PCH Oliveira
CGH Boa Vista
CGH Ladainha
CGH Dona Maria Piana
CGH Moinho
CGH Braga
PCH Fruteiras

CCEE deverá promover o retorno compulsório ao MRE a partir de 1º de janeiro de 2016

UHE  Porto Góes
PCH  Salto (Salto Weissbach)
UHE Cajuru

Poderão retornar ao MRE a partir de 1º de janeiro de 2016

CGH Pitangui
PCH Furnas do Segredo
PCH Salto Morais
CGH Wasser Kraft
CGH Serrania
CGH Pirambeira