Combustivel de UTEs será descontado próximo à interligação de RR ao SIN

Monte Cristo e Novo Paraíso foram instaladas para reforçar abastecimento, em razão de dificuldades com a Venezuela

A Eletrobras foi autorizada a descontar o volume de combustível referente à tancagem inicial das usinas Monte Cristo e Novo Paraíso, em Roraima, no último mês de operação das duas termelétricas. Elas deverão ser desativadas com a integração elétrica do estado ao Sistema Interligado Nacional, prevista para  agosto de 2017. O desconto em favor da Conta de Consumo de Combustíveis é feito a partir da energia gerada pelos empreendimentos.

Gestora da CCC, a estatal já havia sido autorizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica a repassar R$ 23 milhões diretamente à BR Distribuidora pelo suprimento de combustível para a tancagem inicial dos empreendimentos. Monte Cristo e Novo Paraíso foram instaladas com o objetivo de garantir o abastecimento de energia pela Eletrobras Roraima, em razão das dificuldades de importação de energia da Venezuela.

Na mesma decisão, a Aneel havia determinado o desconto do montante referente ao combustível proporcionalmente à geração das usinas, mas a distribuidora recorreu alegando dificuldade de carregamento do custo financeiro.