Aneel homologa resultado de leilão para sistemas isolados

Empreendimentos vão suprir regiões dos estados de Rondônia e Acre

A Agência Nacional de Energia Elétrica homologou o resultado do leilão 10/2015, para atender sistemas isolados. O certame foi realizado para atender a Eletrobras Distribuição Rondônia e os lotes 1 ,2 e 3 da Eletrobras Distribuição Acre. O consórcio Brasil BioFuels ficou com o abastecimento da distribuidora de Rondônia, pelo preço de R$ 1.452,92. No Acre, o lote 1, que atende os municípios de Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Feijó foi arrematado pelo consórcio Energias do Acre, formado pela Guascor e a Distribuidora Equador. O preço foi de R$ 1.000 / MWh, o que representou um deságio de 7,34%. O lote 2, que vai suprir Assis Brasil e Manoel Urbano, ficou com a Tecnogera, que deu lance de R$ 1.173/ MWh, com deságio de 12,5%. Já o lote 3, referente aos municípios de Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Jordão e Santa Rosa de Purus foi levado pelo Consórcio Brasil BioFuels, que o arrematou por R$ 2.101,31, registrando deságio de 1,72%.

Havia ainda o recurso administrativo interposto pela Aggreko em relação a vitória do consórcio Energia do Acre no lote 1. Ela sustentava que o consórcio não apresentou o contrato de constituição e o registro na junta comercial. A Aneel negou o pedido. De acordo com a procuradoria da Aneel, era possível entregar a documentação após o leilão.