CEEE e Landis+Gyr fecham contratos de R$ 55,5 milhões

Projetos de telemedição tem objetivo de modernizar a rede elétrica da região do Rio Grande do Sul e reduzir as perdas não técnicas da concessionária

A CCEE (RS) e a Landis+Gyr, empresa especializada em soluções de gestão de energia, fecharam nesta quarta-feira, 31 de maio, dois novos projetos de telemedição com o objetivo de modernizar a rede elétrica da região do Rio Grande do Sul e reduzir as perdas não técnicas da concessionária. Os contratos, que envolvem o valor de R$ 55,5 milhões, foram resultado de licitações públicas internacionais com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD). Os documentos foram assinados pelo presidente Paulo de Tarso Pinheiro Machado e pelo diretor de Distribuição, Julio Hofer, pela CEEE; e pelo presidente da Landis+Gyr, Marcelo Machado e diretor da V2Com, Guilherme Spina.

Um dos contratos assinados envolve a aquisição e instalação do sistema de automação do Grupo A e grandes clientes do Grupo B com medição indireta. Esse projeto envolve 11.700 unidades consumidoras da empresa, possibilitando a gestão remota e o monitoramento das instalações, o que correspondem a 45% do faturamento da empresa. O outro inclui a aquisição e implantação de um conjunto de equipamentos e tecnologia associada e tem o objetivo de disponibilizar recursos técnicos capazes de realizar o gerenciamento da energia elétrica entregue e faturada pela empresa em áreas de complexidade social.

Segundo o diretor de Distribuição do Grupo CEEE, Julio Hofer, com estes contratos, a companhia dá mais um passo importante para reduzir perdas não técnicas a patamares regulatórias, além de melhorar a sustentabilidade financeira e operacional da empresa, com a consequente evolução na oferta de serviços aos clientes. O retorno do investimento para a empresa se dará em aproximadamente dois anos.

O projeto de telemedição de consumidores industriais e comerciais tem por objetivo automatizar os processos de leitura e faturamento, bem como proteger receita, através de sistema de medição inteligente de energia elétrica. O contrato contempla o fornecimento e instalação do sistema incluindo a infraestrutura de TI (Tecnologia da Informação), rede de comunicação de rádio (RF Mesh Gridstream), coleta e gestão de dados.

No projeto de medição centralizada, medidores inteligentes instalados em gabinetes fixados nos postes da rede de distribuição, com terminais de leitura remota na residência do consumidor, permitirão a medição de energia e leitura individualizada em cada unidade consumidora, com a possibilidade de corte e religamento à distância. Esse sistema se conecta com redes de comunicação, para transmissão dos dados de medição ao sistema central de dados da concessionária, agregando economia, segurança, confiabilidade e agilidade para a distribuidora e seus consumidores. O objetivo é reduzir perdas e custos na distribuição de energia elétrica. O SGP+M (Sistema de Gestão de Perdas e Medição) da Landis+Gyr, será instalado em 45.000 unidades consumidoras.