Reservatórios do Nordeste diminuem níveis e operam com 17,4% da capacidade

De acordo com a ONS, região Norte foi a única sem alteração nos níveis de armazenamento

Os reservatórios da região Nordeste sofreram redução de 0,1% nos níveis em comparação com o dia anterior, segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico referentes ao último dia 5 de julho. Os reservatórios estão com 17,4% da capacidade e a energia armazenada da região é de 9.019 MW mês e a energia natural afluente é de 1.265 MW med, que equivale a 27% da média de longo termo armazenável no mês até o dia. A usina de Sobradinho está com 11,49% da capacidade.

No Norte do país não houveram alteração nos níveis e os reservatórios operam com 64% da capacidade. A energia armazenada é de 9.619 MW mês e a ENA é 2.775 MW med, que é o mesmo que 64% da MLT. A hidrelétrica de Tucuruí opera com 98,31% de capacidade. Na região Sudeste/Centro-Oeste houve diminuição de 0,1% nos níveis e os reservatórios se encontram com 41,8% da capacidade. A energia armazenada é de 84.953 MW mês e a ENA é de 22.424 MW med, que equivale a 89% da MLT. Furnas registra 41,24% da capacidade.

No Sul do país houve decréscimo de 0,8% nos níveis e os reservatórios operam com 90,2% da capacidade. A energia armazenada é de 18.121 MW mês e ENA é de 5.688 MW med, que corresponde a 51% da MLT. A usina de Passo Fundo está com volume de 99,68%.

Outras informações sobre níveis de armazenamento, bem como a geração de gráficos comparativos, podem ser acessadas na Seção Reservatórios do Monitor, disponível para assinantes do CanalEnergia.