Petrobras volta a fornecer gás natural para Araucária

Copel anunciou a assinatura de contrato para fornecimento até o fim de 2018

A Copel divulgou nesta quinta-feira, 11 de outubro, que o conselho de administração da companhia autorizou a assinatura de contrato de suprimento de combustível entre a Petrobras e a termelétrica Araucária (PR-484 MW). O contrato vigorará até 31 de dezembro de 2018 e prevê o fornecimento de até 2,190 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia, sem obrigatoriedade de retirada, modalidade take or pay. A distribuição do gás será feita pela Compagas, distribuidora do Paraná.

“Com isso, a UTE Araucária volta a ficar disponível ao Sistema Interligado Nacional – SIN e poderá ser despachada a critério do Operador Nacional do Sistema (ONS)”, pontuou a Copel em comunicado ao mercado. A Copel lembrou que a usina operou, em média, por mais de cinco meses ao ano, entre 2007 e 2016.

Araucária é uma das quatro usinas que o Comitê de Monitoramento do Sistema Elétrico, quer ver operando para contribuir nesse período de estiagem e baixa dos reservatórios. As outras térmicas são Cuiabá, Termo Fortaleza e Termo Norte 2. As usinas estão sem contratos de fornecimento de combustível. Araucária é a primeira a anunciar a retomada.