Copel quer disputar leilão de LTs de dezembro

Empresa já havia sido liberada pela Aneel para participar de certame e também quer A-1 e A-2

A Copel vai marcar presença no próximo leilão de LTs, que será realizado neste mês de dezembro. A decisão foi anunciada pelo diretor-presidente da Copel GT, Sergio Lamy, em conferência com analistas financeiros nesta sexta-feira, 1º de dezembro. Recentemente, a Agência Nacional de Energia Elétrica reconsiderou a exclusão da empresa paranaense do certame, devido a problemas no contrato de concessão em prazos. “A Aneel reconheceu o equívoco que ela tinha cometido. Corrigido isso, ela vai participar do leilão de transmissão de forma alinhada com seus objetivos estratégicos”, afirmou.

Na teleconferência, o executivo revelou que a Copel GT também está se preparando para participar dos leilões de energia A-1 e A-2 e que ela deve ficar com um nível de contratação de 85% em 2018. Ele acredita que haverá demanda das distribuidoras e disputa nesses certames. Segundo ele, a expectativa é que o PLD em 2018 tenha valores altos. “Nível de contratação é seguro e vai fazer bom resultado para a empresa no próximo ano”, comenta. Lamy também considera a projeção feita pela Câmara de comercialização de Energia Elétrica, de 140/ MWh otimista. A projeção da Copel é que o PLD médio fique em R$ 200 / MWh.