Liberação de água de Xingó passa para 800m³/s no sábado

Medida foi aprovada nesta segunda-feira,7, na sala de crise da ANA

A usina hidrelétrica Xingó vai aumentar de 700 para 800m³/s o volume de água liberado de seu reservatório a partir do próximo sábado, 11 de janeiro. A medida foi aprovada nesta segunda-feira, 7, na primeira reunião da Sala de Crise do Rio São Francisco em 2019, e tem como objetivo garantir mais água para atendimento aos diferentes usuários da região do Baixo São Francisco, no Nordeste.

A Agência Nacional de Águas anunciou em nota à imprensa que o novo patamar de operação de Xingó a ser observado pela Chesf “será mantido se as projeções para o reservatório de Sobradinho (BA) continuarem apontando um volume útil superior a 55% no fim de maio deste ano.” A previsão atual, segundo a ANA, está em 56,2% atualmente.

O volume útil do reservatório equivalente da bacia do Rio São Francisco – formado pelos reservatórios de Três Marias (MG), Sobradinho (BA) e Itaparica (BA/PE) – estava com 41,43% no ultimo domingo, 6 de janeiro. Em Sobradinho, o volume útil era de  35,43%.

A agência reguladora publicou em novembro resolução que prorroga até 31 de março desse ano a autorização para a liberação mínima de uma média diária de 550m³/s de água pelos reservatórios de Sobradinho (BA) e Xingó, além de uma defluência instantânea mínima de 523m³/s. Desde abril de 2013, os reservatórios de Sobradinho e Xingó tem operado com vazão mínima inferior a 1300m³/s, em razão das chuvas e das afluências abaixo da média na bacia do São Francisco.