Isolamento elétrico da rede subterrânea do Centro Histórico de Paraty é iniciado

Projeto piloto da Enel Distribuição Rio utiliza silicone gel para evitar danos da água salina a rede elétrica; ao todo 500 clientes serão diretamente beneficiados nesta etapa de ação

A Enel Distribuição Rio iniciou um projeto piloto para isolamento elétrico da rede subterrânea do Centro Histórico do município de Paraty, no Sul do estado do Rio de Janeiro, com benefícios diretos na qualidade do fornecimento de energia na região. A iniciativa inédita utiliza um gel especial para isolar as conexões elétricas que, em contato com a água salina e outros poluentes, passam por um processo de degradação, prejudicando o fornecimento. A expectativa é que o projeto seja aplicado em outros trechos da rede, em Paraty e outros municípios da área de concessão da distribuidora.

A primeira etapa do projeto priorizou 20 caixas subterrâneas em pontos considerados de maior criticidade e que representavam 90% das principais incidências envolvendo a rede elétrica da área. A obra segue em andamento e, até o momento, 68% das aplicações do produto e da instalação das novas caixas estão prontas. A fase de testes teve início em outubro de 2018 e a previsão é de que, até a primeira quinzena de junho, cerca de 500 clientes já tenham sido atendidos, com diminuição significativa das interrupções de energia.

Para Alexandre Marques, responsável pela área de Manutenção e Operação do Polo Sul, é possível notar desde fevereiro deste ano, quando o projeto foi iniciado, não houveram falhas nas caixas em que o gel isolante foi aplicado. “Geramos um impacto positivo imediato para os clientes. O Centro Histórico é uma área turística e comercial importante para o estado do Rio e estamos satisfeitos com os resultados obtidos até agora. Nosso objetivo é seguir investindo em soluções inovadoras que tragam cada vez mais qualidade para o serviço que prestamos na região”, sinalizou.