Governo enquadra PCHs em Goiás como projetos prioritários

Decisão do MME envolve 42 MW de capacidade instalada entre as usinas Salgado, Gameleira e São Bartolomeu

A Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia aprovou como prioritário três projetos para implementação de pequenas centrais hidrelétricas em Goiás, denominadas Salgado (16 MW), Gameleira (14 MW) e São Bartolomeu (12 MW). As usinas são operadas pela empresa São Bartolomeu Geradora de Energia Renovável, controlada pelo Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia Pirineus, e tem seus respectivos prazos de conclusão definidos em maio de 2022 e maio e novembro de 2021.