Força-tarefa da Neoenergia inspecionou mais de 30 mil postes no carnaval

Coelba e Celpe atuaram em inspeções de linha, orientações de segurança e retirada de ligações clandestinas

As concessionárias da Neoenergia com atuação nos maiores polos carnavalescos do Brasil, Coelba (BA) e Celpe (PE), realizaram uma força-tarefa para prevenção de acidentes durante o Carnaval 2020. Com mais de 9 milhões de clientes nos dois estados, as distribuidoras atestaram o compromisso com a segurança de todos os clientes e turistas, alcançando zero acidentes no Carnaval. Alguns números mostram o tamanho das atividades desempenhadas pelas empresas como os mais de 30 mil postes e 3 mil quilômetros de linhas inspecionados, cerca de 4 mil árvores podadas, mil pontos de rede protegidos e mais de 30 quilômetros de redes substituídas. Além disso, 60 transformadores novos garantiram a festa dos foliões na Bahia.

As frentes de atuação foram desde promotores, que repassaram orientações de segurança durante todo o período carnavalesco, seja nas ladeiras de Olinda ou nos circuitos dos trios elétricos em Salvador, até colaboradores das empresas que estiveram diretamente envolvidos em ações preventivas com a rede elétrica.

De acordo com Harley Albuquerque, gerente Corporativo de Segurança da Neoenergia, o principal valor praticado é a segurança das pessoas, tanto nas operações diárias quanto no Carnaval, que por ser uma grande festa, recebe todos os esforços para garantir aos clientes e ao folião um fornecimento de energia com qualidade e segurança. Segundo ele, sensibilizar todas as pessoas acerca da importância da segurança também é uma das missões da empresa, uma vez que o uso seguro da energia também deve ser praticado pelo consumidor.

Mais de 426 ligações clandestinas foram retiradas no Recife e em Olinda. Além disso, cerca de 40 trios elétricos do Galo da Madrugada, símbolo do Carnaval pernambucano, também foram vistoriados para garantir a segurança da festa.  Equipes também realizaram diversos outros serviços de manutenção de rede elétrica, tais como instalações de caixas de medidores, substituição de ramais de ligação obsoletos, correção de aterramentos, ordenamento de rede de telefonia e TV à cabo e retirada de extensões da via pública, todos com foco na segurança do folião.