Modernização das UHEs Jupiá e Ilha Solteira entra no rol de projetos prioritários

Projeto da CTG Brasil prevê melhorias específicas em quatro turbinas de cada usina, com conclusão prevista até 2021

A Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia aprovou como prioritário, na última segunda-feira, 11 de maio, os projetos para modernização das hidrelétricas Jupiá e Ilha Solteira, ambas localizadas no rio Paraná, na divisa dos estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo. Os ativos são operados desde 2016 pela CTG brasil, que detém 66,6% dos ativos, sendo o restante de posse da companhia Huikai Clean Energy.

Os trabalhos em Jupiá serão concentrados nas turbinas nº 1, 3, 10 e 13, com ações para automação, proteção e regulação de velocidade, além de sistemas de excitação, resfriamento, drenagem, auxiliares hidromecânicos e elétricos. A previsão para conclusão da unidade UG 10 é maio deste ano, e da primeira, para julho. Já a UG 3 deverá estar pronta em fevereiro de 2021, e a UG 13 em maio do mesmo ano.

As melhorias na Ilha Solteira acontecerão nas unidades nº 4, 9, 13 e 20 sob as mesmas características, a não ser pela atualização dos Transformadores Elevadores da maioria das turbinas. O cronograma de execução do projeto prevê o término das obras em dezembro e março deste ano para a UG4 e UG9, e em 2021 para as UGs 13 e 20. A informação foi publicada no portal do MME, por meio da portaria nº 167.