AES Tietê assina manifesto do Pacto Global com a ONU

Proposta é reforçar a importância de alinhamento das políticas de forma a aumentar a resistência a crises futuras e elevação da temperatura global a até 1,5°C

A AES Tietê assinou um manifesto com o Pacto Global da ONU para ajudar na redução de gases de efeito estufa na atmosfera. A geradora se junta a mais de 150 empresas numa declaração pública que reafirma seus compromissos baseados na ciência para alcançar uma economia resiliente. O objetivo do manifesto é zerar a emissão de gás carbônico até 2050 e incentivar os governos a corresponderem a essa ambição em seus esforços de recuperação econômica.
A ação é uma iniciativa convocada pela Science Based Targets (SBTi) e sua campanha Business Ambition for 1,5 °C, pelo Pacto Global da ONU e coalizão We Mean Business. A proposta é reforçar a importância de governos de todo o mundo se alinharem a suas políticas de forma a aumentar a resistência a crises futuras, com esforços para manter o aumento da temperatura global a 1,5°C acima dos níveis pré-industriais.
A empresa reforça o fato de que já é uma companhia de geração exclusivamente a partir de fontes renováveis e estabelecerá metas de reduções de emissões fundamentadas em critérios científicos. E que ao assinar o manifesto, se compromete a demonstrar que as melhores decisões para a preservação do clima do planeta têm de ser baseadas na ciência, a investir em recuperação e resiliência para uma transformação socioeconômica sistêmica e a trabalhar com os governos e parceiros para ações climáticas ambiciosas.