Aneel restabelece operação de unidade térmica em Goiás

Agência também liberou aerogerador de 4,2 MW para testes na Bahia

A superintendência de fiscalização dos serviços de geração da Aneel decidiu restabelecer a operação comercial da unidade nº 65 da termelétrica Palmeiras de Goiás (175,5 MW – GO), suspensa do sistema desde o dia 30 de janeiro, junto a mais dez pontos geradores de 1,8 MW da usina, que pertence a Central Energética Palmeiras. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 30 de julho, por meio do despacho nº 2.239.

A Agência também emitiu parecer positivo pelo segundo dia seguido para a empresa Ventos De Santo Eloy Energias Renováveis, com vistas a testagem de mais uma turbina de 4,2 MW na central eólica Ventos de São Januário 22.