Convênio vai permitir uso de sistema PIX na conta de energia

Ferramenta lançada pelo Banco Central permite pagamentos e transferências instantâneas

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica vai assinar acordo de cooperação técnica com o Banco Central no próxima quinta-feira, 20 de agosto, para possibilitar a utilização da ferramenta PIX no pagamento das tarifas de energia elétrica. O PIX é um sistema lançado em fevereiro e regulamentado em agosto pelo Bacen, que permite pagamentos e transferências instantâneos.

O meio de pagamento que vai permitir transações entre pessoas, empresas e governo 24 horas por dia, todos os dias da semana, deve facilitar ainda mais o pagamento da fatura de energia elétrica, especialmente para consumidores que não tem acesso ao sistema bancário, avaliou o diretor-geral da Aneel, Andre Pepitone, nesta terça-feira, 18 de agosto.

As operações pelo PIX poderão ser feitas por meio de QR Code ou do uso de informações dos usuários, como CPF, CNPJ, número de celular ou e-mail. Os  dados poderão ser cadastrados como “Chaves PIX”, que facilitam a identificação do recebedor, a partir de outubro.

A modalidade será ofertada por bancos, instituições de pagamentos e fintechs em seus aplicativos de celular, mas deverá estar disponível também em em caixas eletrônicos e pelo internet banking. O sistema é uma alternativa às transações realizadas por TED, DOC, boleto bancário, cheque e cartões.