Desligamentos em subestações cortam mais de 1 GW no RJ

ONS verificou ocorrências em quatro unidades na última sexta-feira (02), computando também corte de 326 MW em São José dos Campos (SP)

Três ocorrências em subestações no estado do Rio de Janeiro foram responsáveis pelo corte de aproximadamente 1,1 GW de cargas do SIN na tarde da última sexta-feira, 2 de outubro, aponta o boletim do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), que identificou o primeiro desarme total da SE Rocha Leão às 16:52 horas.

Em seguida vieram os desligamentos das seções de barra A2 e B2 da subestação São José, às 17:58 horas, e da SE Magé, às 18:32 horas, esta última restabelecida após 38 minutos. Já os horários de recomposição das outras unidades não puderam ser precisados pelo ONS, devido às outras ocorrências.

Em nota, a elétrica Furnas, responsável pelos ativos, adicionou a subestação Imbariê ao rol das interrupções no dia e informou que manhã do último sábado, 3 de outubro, energizou a linha de transmissão em 138 kV Vilar dos Teles-São José-Rio Cidade, propiciando às distribuidoras a normalização do sistema de abastecimento aos municípios.

Corte em SP – Já na parte da noite, mais precisamente às 21:06 horas, o Operador registrou o desarme total da subestação São José dos Campos (SP), desconectando 362 MW do sistema. Segundo o levantamento, o restabelecimento das cargas demorou 45 minutos para ser finalizado.