Chesf obtém enquadramento ao Reidi para projeto de transmissão

Obras de reforço em seis subestações e seccionamento de linhas é orçada em R$ R$ 285,9 milhões

O Ministério de Minas e Energia enquadrou um projeto de transmissão da Chesf junto ao Regime Especial de Incentivos ao Desenvolvimento da Infraestrutura (Reidi), envolvendo reforços em seis subestações e seccionamento de duas Linhas de Transmissão e reencabeçamento de outra, entre os estados do Piauí, Pernambuco, Alagoas, Bahia, Ceará e Paraíba.

Com a aprovação, a companhia obtém uma economia de aproximadamente R$ 25,1 milhões com os encargos PIS/PASEP e Confins para as obras envolvendo as SEs Campina Grande II, Eunápolis, Messias, São João do Piauí, Sobral III e Teresina I, ficando o investimento total definido em R$ 285,9 milhões e com prazo de execução até março de 2023.