Chesp terá reajuste de 6,10%

Aumento tarifário da distribuidora de Goiás vai valer a partir de 22 de novembro

As tarifas ds Companhia Hidroelétrica São Patrício ficarão em média 6,10% mais caras, com efeito médio de 7,47% na alta tensão e de 5,84% para os consumidores em baixa tensão. O reajuste anual  aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica para a distribuidora será aplicado a partir de 22 de novembro.

O custo de compra de energia é o item mais significativo no aumento tarifário, com participação de 5,26%, seguido das despesas com transmissão, que representam 3,28% do índice. O uso de recursos da Conta Covid contribuiu para reduzir os custos financeiros do processo atual em 8,28%. A Chesp fornece energia elétrica para cerca de 38 mil unidades consumidoras na cidade de Ceres (GO).