Light acerta com Brasal exclusividade na venda de fatias na Guanhães e PCH Paracambi

Empresas terão 30 dias para negociar operação

A Light divulgou em comunicado ao mercado na última sexta-feira, 18 de dezembro, que acertou exclusividade com a Brasal Energia para a potencial venda de 51% de participação na Guanhães Energia S.A., que opera as PCHs Senhora do Porto (MG -12 MW), Dores de Guanhães (MG – 14 MW), Fortuna II (MG – 9 MW) e Jacaré (MG – 9 MW), pelo valor de R$96,4 milhões. A Brasal também conseguiu exclusividade com a Light para a eventual compra de 51% de participação na Lightger S.A, que opera a PCH Paracambi (RJ – 25 MW), no valor de R$ 88,7 milhões.

De acordo com o comunicado, durante 30 dias a Light e a Brasal irão negociar os termos e condições da operação e em caso positivo,  a conclusão da transação ainda irá depender do cumprimento de condições como  o aval de órgãos regulatórios e concorrenciais, além de terceiros.

Diretoria – Reunião do Conselho de Administração da Light elegeu Roberto Barros com diretor de Relações com Investidores da empresa. Barroso já ocupava o cargo desde 8 de outubro.