MME classifica mais quatro projetos da Energisa como prioritários

Investimentos de R$ 270,8 milhões para 2021 envolvem expansão e melhorias nas redes de distribuição das concessões de Nova Friburgo (RJ), Mato Grosso do Sul, Acre e Minas Gerais

O Ministério de Minas e Energia aprovou os projetos de expansão, renovação ou melhoria da infraestrutura de distribuição de quatro concessões da Energisa como prioritários, com as obras previstas para esse ano envolvendo aproximadamente R$ 270,8 milhões, sendo R$ 163,1 milhões da Energisa Mato Grosso do Sul, R$ 67,9 milhões para o Acre, R$ R$ 39,4 milhões em Minas Gerais, que também pegar parte do Rio de Janeiro e R$ 7,2 milhões na distribuidora em Nova Friburgo (RJ).

Com as medidas, publicadas no Portal do MME e no Diário Oficial da União da última terça-feira, 26 de janeiro, os projetos poderão emitir debêntures de infraestrutura, com incentivos aos investidores. Vale lembrar também que os volumes de recursos planejados não incluem os aportes do Programa “Luz Para Todos” ou com participação financeira de terceiros, constantes do Plano de Desenvolvimento da Distribuição – PDD de referência apresentado à Aneel.