EGP bate recorde de capacidade construída em 2020 e chega a 49 GW

Braço de renováveis do Grupo Enel construiu 77 MW a mais em projetos do que no ano anterior e prevê chegar a 145 GW até 2030

A Enel Green Power (EGP) anunciou um novo recorde em 2020 ao construir 3.106 MW de nova capacidade a partir de fontes renováveis em todo o mundo, 77 MW a mais ou 2,5% em relação ao ano anterior, mesmo com os desafios impostos pela pandemia.

A potência instalada pela empresa inclui cerca de 46 instalações, sendo a maioria de eólicas, somando 2.284 MW, e solar, com 803 MW. Além disso, renovou e repotencializou cerca de 1,2 GW de usinas em operação, entre 250 MW eólicos, 847 MW hídricos e 73 MW geotérmicos.

Em termos geográficos, a maioria dos ativos, 1.386 MW, se encontram na América do Norte, principalmente nos Estados Unidos, seguido pelo Brasil e América Latina, com 879 MW, Europa, 508 MW, com forte participação na Espanha e 333 MW na África, Ásia e Oceania.

Com a implementação dos projetos, a companhia passa a gerenciar cerca de 49 GW e prevê uma produção de 11,3 TWh por ano, evitando a emissão anual de 6,86 milhões de toneladas de CO2 na atmosfera, marco que contribui para a meta do Grupo Enel de limitar suas emissões diretas de gases de efeito estufa a 148 gCO2eq / kWh em 2023. Ademais, a meta é chegar a 145 GW até 2030.