TAG fecha acordo inédito para transporte de gás na Bahia e Sergipe

Operação para fábricas de fertilizantes do Grupo Unigel marca o primeiro contrato na modalidade interruptível de gás natural no Brasil

A Transportadora Associada de Gás (TAG) fechou um contrato com a Proquigel Química, empresa do Grupo Unigel, visando o transporte de 2,3 milhões de metros cúbicos (Mm³) de gás natural diários para duas fábricas de fertilizantes (Fafens) operadas pela petroquímica na Bahia e no Sergipe. O acordo, com início no dia 29 de janeiro, é o primeiro na modalidade interruptível no Brasil, no modelo de entrada e saída do Novo Mercado de Gás, afirma a ANP.

O documento assinado tem prazo de até um ano e será atendido pela atual infraestrutura de transporte de gás da TAG. O gás fornecido será da Petrobras, proveniente do campo de Manati (BA), com o contrato prevendo a entrega nos citygates (pontos de entrega) nos quais a Proquigel possui acordo com as distribuidoras locais.

A fábrica de Sergipe será a primeira a receber o insumo como parte do novo negócio, com volume médio de 1,1 milhões de m³ por dia, enquanto a unidade da Bahia receberá uma média de 1,2 milhões de m³/d, com previsão de início a partir de março.

“Estamos trabalhando ativamente para viabilizar o acesso de novos clientes à malha da TAG, o que é fundamental para o crescimento do setor e para a atração de mais investimentos em toda a cadeia, num esforço conjunto com a ANP e demais instituições envolvidas na abertura desse mercado, antes mesmo da aprovação da nova lei do gás”, comenta Gustavo Labanca, diretor-presidente da TAG.

A transportadora, controlada pela Engie, detém aproximadamente 4.500 km de gasodutos que respondem por 47% do total da malha de transporte no país. São 3.700 km na região costeira, passando por quase 200 municípios do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Espírito Santo e Rio de Janeiro – e outros 800 km na Amazônia, em trecho que liga a região petrolífera de Urucu a Manaus, no Amazonas.