CNPE define temas estratégicos para programas de P&D

Orientação do CNPE abrange hidrogênio, energia nuclear e térmica a gás, armazenamento, digitalização e minerais estratégicos

O governo decidiu orientar o uso prioritário dos recursos de pesquisa e desenvolvimento do setor energético em projetos voltados para hidrogênio, energia nuclear, biocombustíveis, armazenamento de energia, transformação digital, tecnologias para geração termelétrica sustentável e minerais estratégicos para o setor energético.

Os temas foram aprovados pelo Conselho Nacional de Política Energética, em reunião extraordinária na última quarta-feira, 10 de fevereiro. De acordo com Ministério de Minas e Energia, a orientação abrange áreas já identificadas como relevantes, “respeitadas as competências das agências reguladoras na gestão e regulação dos recursos.”

A decisão do colegiado teve como base analises feitas pela Empresa de Pesquisa Energética e iniciativas nacionais e internacionais das quais a estatal participa. “Trata-se de uma medida alinhada com uma solução mais estruturante e de longo prazo, em desenvolvimento pelos Ministérios de Minas e Energia e de Ciência, Tecnologia e Inovações, que buscará o estabelecimento de uma governança das atividades de Ciência, Tecnologia e Inovação nos setores de Mineração e Energia”, informou o MME em nota.