Lucro da AES Brasi dispara e chega a R$ 848 milhões em 2020

No quarto trimestre, lucro ficou em R$ 602,6 milhões

A AES Brasil registrou lucro de R$ 848 milhões em 2020. o valor é 182,6% maior que os R$ 300,1 milhões de 2019. A receita líquida da empresa no ano ficou em R$ 2,01 bilhões, no mesmo patamar dos R$ 1,99 bilhão do ano anterior. O Ebitda de R$ 2 bilhões sinaliza um aumento de 100% na comparação com o de 2019.

Em 2020, as usinas hídricas da AES Brasil geraram 10.176,8 GWh, 3,5% abaixo do registrado em 2019. Na fonte eólica, os 1.484,3 GWh gerados mostram um recuo de 7,6%. Já a geração da fonte solar aumentou 42,8%, ficando em 562,1 GWh.

No quarto trimestre, o lucro da geradora ficou em R$ 602,6 milhões, o que mostra um aumento de 470,9% na comparação com o quarto trimestre de 2019. A receita líquida no período ficou em R$ 532,2 milhões, levemente acima dos R$ R$ 515,8 milhões do último trimestre de 2019. O Ebitda teve aumento expressivo de 307,1%, indo para R$ 1,16 bilhão.

Neste trimestre, a geração na fonte hídrica teve baixa de 9,6%, chegando a 2.299,4 GWh. A geração eólica, com 387,7 GWh, teve queda de 10%. As usinas solares da AES Brasil geraram 150,2 GWh no quarto trimestre, valor 6,5% maior que os 141 GWh do mesmo período de 2019.