RGE Sul terá aumento médio de 9,95%

Reajuste anual da distribuidora vai afetar 2,9 mi de unidades consumidoras no interior do Rio Grande do Sul

Os consumidores da RGE Sul Distribuidora de Energia terão aumento médio de tarifas de 9,95% a partir de 19 de junho, com efeito médio de 10,00% para os clientes  atendidos em alta tensão e de 9,93% os de baixa tensão. O reajuste anual aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica vai afetar aproximadamente 2,9 milhões de unidades consumidoras no interior do Rio Grande do Sul.

O reajuste foi amortecido pela reversão à tarifa de recursos da Conta Covid transferidos à RGE Sul; o alongamento das parcelas a serem pagas às transmissoras para a remuneração de instalações de transmissão existentes; a compensação de créditos tributários de PIS e Cofins; além do adiamento da aplicação de outros custos.