Aneel aprova novos CVUs para complexo Jorge Lacerda

Valores foram definidos para carga plena e reduzida

A Aneel aceitou o pedido da Engie Brasil Energia e aceitou e aprovou os Custos Variáveis Unitários do complexo termelétrico Jorge Lacerda, para operação em carga plena e em carga reduzida, que deverão ser aplicados partir da próxima revisão do Programa Mensal de Operação. O Operador Nacional do Sistema Elétrico deverá informar à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, para a devida contabilização dos valores, a potência, os montantes de geração e o período do despacho em carga reduzida ocorridos desde 20 de outubro de 2020.