Renova tem prejuízo de R$ 54,3 mi no segundo trimestre

Resultado Ebitda da companhia recuou 91,1% no trimestre a R$ 3,3 milhões

A Renova, empresa que está em recuperação judicial, apresentou um prejuízo de R$ 54,3 milhões no segundo trimestre do ano, uma piora de 5,6% quando comparado ao mesmo período do ano passado. No acumulado do semestre o índice se inverte e mostra melhoria de 19,4%, com perdas de R$ 84,4 milhões ante os R$ 104,6 milhões de prejuízo do mesmo período de 2020.

O ebitda da companhia recuou 91,1%, passou de R$ 37,2 milhões para R$ 3,3 milhões no trimestre, no acumulado do ano está negativo em R$ 1,5 milhão ante os R$ 74,8 milhões dos primeiros seis meses de 2020.

No segundo trimestre de 2021, a Receita Operacional Líquida foi de R$ 25,6 milhões, enquanto no semestre foi de aproximadamente R$ 48,2 milhões. Essa elevação, é atribuida ao contrato Light I que estava suspenso no mesmo período do ano anterior.

O patrimônio líquido encerrou o trimestre em aproximadamente R$ 844 milhões negativos, uma redução de R$ 283,2 milhões devido ao aumento de capital homologado em 6 de maio de 2021.