Até setembro, Enel GO registra prejuízo de R$ 62,8 milhões

Investimentos no período subiram 80,2%, indo a R$ 1,48 bilhão

A Enel Goiás registrou prejuízo de R$ 62,8 milhões nos nove primeiros meses de 2021. A receita bruta da distribuidora nesse período subiu 38,4%, chegando a R$ 10,7 bilhões. O Ebitda de R$ 472 milhões mostra um leve crescimento de 1,3%. Os investimentos até setembro deste ano ficaram em R$ 1,48 bilhão, superiores aos R$ 822,1 milhões, mostrando um aumento de 80,2%.

De acordo com José Nunes de Almeida Neto, diretor-presidente da Enel Goiás, o compromisso com a qualidade do serviço e com o desenvolvimento no estado segue norteando a trajetória de aumento dos investimentos realizados em 2021, o que tem levado a distribuidora a melhorar seus indicadores de qualidade e o serviço prestado aos clientes.

Ainda segundo ele, apesar dos impactos da recuperação do consumo na receita da distribuidora, os resultados estão impactados pelo aumento da dívida para a realização do volume de investimentos nos últimos anos, com um consequente aumento de gastos financeiros que afetam o lucro no período.