Eletrobras prepara venda de até R$ 3,5 bi em participações

CGT Eletrosul conclui o processo de compra da TSLE da CEEE-T por R$ 217,5 milhões

O Conselho de Administração da Eletrobras aprovou na última quinta-feira, 25 de novembro, o Plano de Alienação de participações societárias minoritárias da companhia, que define a lista de participações que serão vendidas e o formato da venda, de forma a atender a meta de R$ 3,5 bilhões em alienações, conforme previsto no Plano Diretor de Negócios e Gestão 2021-2025 (“PDNG 2021-2025”). A lista de empresas que serão alienadas não será divulgada neste momento por se tratar de informação estratégica.

TSLE – A Eletrobras comunicou ainda no mesmo dia que a transferência das ações da Transmissora Sul Litorânea de Energia (TSLE) detidas pela CEEE-T para a CGT Eletrosul foi concluída. Pela aquisição, a CGT Eletrosul pagou R$ 217,5 milhões e passa a deter 100% do capital da TSLE. Após a operação, a CGT Eletrosul irá promover as ações necessárias visando a incorporação da TSLE, no escopo da iniciativa de racionalização das participações societárias da Eletrobras.