CCEE: Custo de Déficit para formação de preço para 2022 fica em R$ 7.643,82/ MWh

Valor considerou variação de 17,16% o IGP-DI. Cálculo considera período de 12 meses, com novembro sendo usado como base

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica calculou o novo valor da função de Custo de Déficit para formação de preço em 2022. Conforme memória de cálculo disponibilizada no site da instituição, a variação do Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna, parâmetro para reajuste do patamar, foi de 17,16% nos últimos meses, elevando o valor para R$ 7.643,82/ MWh. No ano passao, o custo ficou em R$ 6.524,05/ MWh

O cálculo da variação considera o período de 12 meses, tomando-se como base o mês de novembro de cada ano, que será utilizado nos modelos de planejamento e programação da operação e cálculo do Preço de Liquidação das Diferenças entre a primeira e a última semana operativa do ano subsequente à atualização. Os valores históricos da função de custo de déficit de energia elétrica podem ser conferidos na página Conceitos de Preços.

Na semana passada, a Agência Nacional de Energia Elétrica também aprovou os valores limites do PLD para 2022. O valor piso ficou em R$ 55,70/MWh e o teto foi estabelecido em R$ 646,58/MWh para o PLD máximo estrutural e R$ 1.326,50/MWh para o PLD máximo horário.