Chesf reduz vazão de Sobradinho e Xingó para 3.500 m³/s

Recuo acontece para manter níveis de armazenamento dos reservatórios diante da aproximação do final do período úmido

A Chesf reduziu a vazão das hidrelétricas de Sobradinho (BA) e Xingó (SE) dos atuais patamares de 4 mil metros cúbicos por segundo para 3.500 m³/s nesta quinta-feira, 10 de março, chegando a 3.000 m³/s no sábado, dia 12. O reservatório de Sobradinho encontra-se atualmente com 83,55% de seu volume útil e tem previsão de atingir 100% até final de abril, quando encerra o período úmido na Bacia.

O recuo acontece em função da diminuição na incidência de chuvas no alto São Francisco e da necessidade de manutenção dos níveis dos reservatórios na Bacia do Velho Chico diante da aproximação do final do período úmido, entre final de abril e início de maio. As vazões anunciadas deverão permanecer no patamar indicado até nova avaliação.