GNA adere ao Pacto Global da ONU

Como parte da consolidação de uma agenda ESG, a empresa passa a integrar a maior iniciativa voluntária de sustentabilidade corporativa do mundo

A GNA, joint venture formada pela Prumo Logística, bp, Siemens e SPIC Brasil, anunciou sua adesão ao Pacto Global da Nações Unidas (ONU). Com a assinatura, a GNA se compromete também a contribuir para o alcance dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Agenda 2030 da ONU.

A iniciativa visa mobilizar a comunidade empresarial na adoção e promoção, em suas práticas de negócios, dos dez princípios universais nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. A empresa ressaltou seu compromisso com a sustentabilidade e destacou que desde a concepção do negócio, passando pela operação de uma de suas térmicas e no relacionamento com os colaboradores, comunidades e fornecedores, desenvolvem ações para minimizar os impactos socioambientais dos projetos, como uso da água do mar no processo de geração e energia, monitoramento das emissões, rígidos padrões de segurança, além de iniciativas em apoio à geração de renda, qualificação e desenvolvimento local das comunidades.

A Rede Brasil do Pacto Global é a terceira maior rede do mundo, com mais de 1,5 mil participantes, sendo considerada, pelas empresas que atuam no Brasil, como a principal iniciativa de sustentabilidade corporativa do país. A plataforma conta com o envolvimento do poder público, instituições de ensino e da sociedade civil para gerar impacto, representando, ao mesmo tempo, um ambiente neutro e dinâmico.