Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Chesf está avançando com as obras de modernização e digitalização da hidrelétrica de Sobradinho (BA), num projeto orçado em R$ 300 milhões e com conclusão prevista para 2026. As melhorias fazem parte do plano de modernização de UHEs, que prevê recursos da ordem de R$ 1,6 bilhão. Além da usina, que completou 43 anos de operação, também estão sendo realizados aportes no complexo de Paulo Afonso (BA) e Xingó (SE), além da substituição de ativos de transmissão.

Segundo a companhia, já estão sendo empreendidas as trocas dos sistemas de medição, proteção, comando, controle, supervisão e regulação de Sobradinho, além da digitalização das salas de comando e melhorias nos geradores e nos sistemas de acionamento das comportas.

No último mês de julho, foi realizado o içamento de um rotor da primeira turbina. A peça, pesando 700 toneladas, foi deslocada para o hall de montagem da usina para atividades no equipamento, numa operação classificada como complexa pela empresa.