Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

Em recuperação judicial e após ter visto seu prejuízo saltar 177% no terceiro trimestre, a Renova Energia anunciou que as negociações com os credores estão avançando para otimização do reperfilamento da dívida. Mais do que isso, a companhia pretende eleger alguns projetos para venda e geração de caixa, cujo fluxo atual é de R$ 28 milhões. “Seguimos focados na reestruturação das áreas e vamos utilizar nossos recursos para crescer”, comentou o CEO Daniel Gallo, durante teleconferência ao mercado nessa quinta-feira, 16 de novembro.

O executivo descartou aportes em novos projetos ou participação no leilão de reserva previsto para o ano que vem ou qualquer outro certame até passar o período de imbróglio judicial. Por fim, Gallo ressaltou que o cluster solar de Caetité, na Bahia, está com 93% das obras finalizadas e contratos de uso do sistema firmados, aguardamos apenas a linha de transmissão para conexão do ativo de geração distribuída. “É uma obra simples, que pode ser concluída nos próximos três meses”, conclui o executivo.