Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Engie fechou uma parceria com a Aena e a Higer para realização de testes de ônibus elétricos no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. A companhia será responsável pelo planejamento e execução do projeto, viabilizando a transição dos veículos movidos a combustíveis de origem fóssil para veículos elétricos de fontes renováveis, através do investimento e da infraestrutura de carregamento da frota.

Nesta semana, entrou em fase de testes no aeroporto de Congonhas, administrado pela Aena, o ônibus elétrico HIGER Azure A12BR, que é 100% elétrico, sem emissão de CO2 e ruídos. O objetivo é utilizar o veículo no transporte de passageiros dentro do aeroporto, substituindo os ônibus que utilizam combustível fóssil, reduzindo, assim, as emissões de carbono na atmosfera. O Azure A12BR tem autonomia de 270 km e é alimentado exclusivamente por baterias, com tempo de recarga de até 3 horas.

Atualmente, a Aena Brasil está investindo em obras estruturais nos aeroportos que administra para torná-los mais sustentáveis. Para o diretor de infraestrutura, operações e TI da Aena Brasil, Raul Moya, a parceria entre a Aena e a Engie é um passo importante dentro do compromisso da pauta ESG em tornar o aeroporto um ambiente mais sustentável, reduzindo as emissões de carbono e, ao mesmo tempo, oferecendo mais conforto ao passageiro. Ele ainda ressaltou que o objetivo da Aena é ter 100% da frota de 25 ônibus com essa nova tecnologia em Congonhas.