A Taesa paga nessa segunda-feira, 22 de abril, mais de R$ 1 bilhão de resgate antecipado facultativo de sua 13ª emissão de debêntures, realizada em fevereiro do ano passado. Segundo o comunicado, a série única é composta por R$ 1 bilhão em amortização, R$ 20,8 milhões em juros e mais R$ 2,5 milhões em premiação. O montante permanece inalterado em relação ao valor estimado pela empresa no começo de abril.