A Eletrobras formalizou essa semana dois novos Memorandos de Entendimento durante o World Hydrogen 2024, em Rotterdam. A companhia assinou um MoU com a Green Energy Park para avaliar oportunidades de produção de H2R a preços competitivos, acelerando a transição energética.

A Eletrobras também oficializou acordo com o governo do Ceará para o suprimento de energia renovável, fomento à descarbonização da economia e promoção da cadeia de produção de hidrogênio de baixo carbono em futuros projetos industriais no Estado.

De acordo com o presidente da Eletrobras, Ivan Monteiro, a companhia segue oferecendo soluções inovadoras para o setor elétrico como forma de fomentar o processo de transição energética, visando sempre um futuro mais sustentável. Segundo ele, ao firmar essas parcerias, a Eletrobras está alinhada com a estratégia de contribuir para a descarbonização da economia e a segurança energética

A parceria entre a Eletrobras e a Green Energy Park visa contribuir para a produção de hidrogênio renovável e derivados a preços competitivos para impulsionar a economia verde e a segurança energética.

A colaboração entre a GEP e a Eletrobras combinará recursos de mais de 10 GW, disponíveis para produção de H2R na Eletrobras, com uma plataforma única de produção de hidrogênio e derivados, projetada e implementada pela Green Energy Park.

Já o memorando assinado entre a Eletrobras e o governo do Ceará tem como objetivo o desenvolvimento de projetos de transição energética, de descarbonização da economia e de fomento ao hub de hidrogênio de baixo carbono no Estado, estimulando a cadeia de produção na região.

O acordo prevê o fornecimento de energia renovável e de hidrogênio verde aos futuros projetos industriais no Ceará, bem como a busca por soluções para o escoamento de energia elétrica onde há desenvolvimento de projetos eletrointensivos.