Eletrobras-AL reforça equipes de corte de clientes inadimplentes

Empresa soma uma dívida de R$ 163 milhões de consumidores

Com o objetivo de combater a inadimplência, a Eletrobras Distribuição Alagoas vem intensificando a suspensão do fornecimento de energia elétrica em todo o Estado. Somente nessa semana, a distribuidora aumentou em 60% o número de equipes destinadas ao corte do fornecimento em unidades em débito com a empresa, e pretende dobrar o efetivo até o mês de julho deste ano. Atualmente a distribuidora acumula uma inadimplência ativa de R$ 163 milhões. Dos primeiros três meses de 2016, a dívida dos consumidores já soma R$ 15,5 milhões. A classe de consumo que mais tem deixado de pagar as contas é a residencial.

Antes de realizar o corte, a Eletrobras informa na fatura que a unidade consumidora está inadimplente. Caso o cliente não possa efetuar o pagamento total da dívida, recomenda-se que ele compareça a um posto de atendimento para buscar negociar a dívida e evitar a suspensão do fornecimento. "A adimplência é necessária para que a Eletrobras cumpra os compromissos operacionais com os clientes e incremente seus investimentos no sistema elétrico", afirmou o assistente da diretoria comercial, Almir Pereira, que reforça a importância dos clientes manterem suas contas em dia.