Terna conclui obras de LT no Mato Grosso

Obra durou 19 meses e está sendo entregue com quatro meses de antecedência

A Terna, por meio de sua subsidiária Santa Lucia Transmissora de Energia, concluiu as obras de construção e colocou em operação a linha de energia elétrica de alta tensão Jauru-Cuiabá 2 e as duas Subestações no estado do Mato Grosso.  A construção envolveu 33 empresas e cerca de 1.350 técnicos nos 19 meses da obra. A entrega está sendo feita com quatro meses de antecedência da data acertada com a Agência Nacional de Energia Elétrica.

Com infraestrutura sustentável de grande importância para a região, a nova linha de transmissão – com tensão de 500 kV e cerca de 355 km de extensão – permitirá integrar a energia produzida pelas instalações de fontes renováveis presentes no centro do país à rede de distribuição nacional. A Terna dedicou atenção especial à construção do eletroduto: cerca de 75% da rota da nova infraestrutura, 537 suportes dos 718, foram realizadas com suportes do tipo “monoposte”, com intrusão no solo e impacto ambiental reduzidos comparados aos tradicionais.

A Terna também ajudou a promover um programa específico de responsabilidade e inclusão social, especialmente sobre o tema da saúde, que envolveu as populações das áreas por onde eletroduto passa. A empresa apoiou os municípios doando e colocando equipamentos médicos específicos à disposição dos cidadãos e oferecendo treinamento e educação sobre o tema da malária. A outra obra de concessão da Terna, a linha de transmissão com 230 kV “Santa Maria 3-Santo Angelo 2” na região Sul do Brasil, entrou em operação em outubro de 2018. O total dos investimentos da Terna nos dois projetos é de aproximadamente 160 milhões de euros.

No início de abril de 2019, a construtora assinou um acordo com a Construtora Quebec, empresa de construção no setor energético no Brasil, para a aquisição do controle de mais duas concessões para construir e operar cerca de 350 Km de infraestrutura de energia elétrica na região de Minas Gerais.