Aneel libera operação comercial em UTE do Amazonas

Agência liberou testes em solar no PI e negou pedido de CGH capixaba

A Agência Nacional de Energia Elétrica liberou o começo da operação comercial das unidades geradoras UG1 a UG13, de 0,4 MW cada, UG14 de 1,3 MW, UG15 e UG16, de 0,32 MW, da UTE Tapauá – COE As turbinas somam 8,3 MW e a usina fica localizada na cidade de mesmo nome, no Amazonas. A agência também liberou as unidades UG1 a UG10, que somam 10,5 MW, da UTE Benjamin Constant + Atalaia do Norte – CGA, também na cidade amazonense de mesmo nome.

A Aneel também deu aval para operação em teste das unidades geradoras UG1 a UG18 da UFV São Gonçalo 2, da Enel Green Power. As unidades somam 50 MW e a usina fica na cidade de São Gonçalo do Gurguéia, estado do Piauí. A agência decidiu negar o começo de operação comercial das unidades geradoras UG1, de 0,24 MW e UG2, de 0,2 MW, da CGH Tabocas, em Santa Teresa (ES). De acordo com a Aneel, o empreendimento não tem a licença de operação emitida pelo órgão ambiental competente.