MME concede outorga à Atlantic para complexo eólico na Bahia

Projeto Tanque Novo Energias Renováveis prevê 138 MW entre seis usinas e 31 aerogeradores, com investimento de R$ 595,4 milhões livre dos encargos PIS/PASEP e Confins

O Ministério de Minas e Energia aprovou como produção independente o projeto para implementação e exploração de seis centrais eólicas que integram o complexo Tanque Novo Energias Renováveis, localizado na Bahia, nos municípios de Tanque Novo e Caetité e pertencente à Atlantic Energias Renováveis.

As usinas Aura Caetité 1, 2, 3, 4 e Aura Tanque Novo 2 e 3, que preveem uma capacidade instalada total de 138 MW entre 31 aerogeradores, também foram enquadradas pelo MME junto ao Regime Especial para o Desenvolvimento da Infraestrutura (Reidi) e como projetos prioritários.

Com a outorga, a empresa consegue a isenção de aproximadamente R$ 48,9 milhões com os encargos PIS/PASEP e Confins, previstos pelo Reidi, ficando o aporte total dos projetos em R$ 595,4 milhões. As obras estão previstas para iniciarem em meados de 2023, com a conclusão prevista para dezembro de 2024.