Furnas contrata 1 GW solar via leilão privado

Certame promovido pela subsidiária da Eletrobras viabilizou projetos que somam R$ 4,1 bi em investimentos

A subsidiária da Eletrobras para a região sudeste, Furnas, contratou pela primeira vez via leilão privado a energia de empreendimentos incentivados via mercado livre. Foram viabilizados 15 plantas solares por um prazo de quinze anos e início de fornecimento a partir de 2024.

Os empreendimentos ficam na Bahia, Piauí, Ceará e Paraíba, somando um total de 1 GW de potência instalada, com um investimento estimado pelas empresas responsáveis pelos ativos, de cerca de R$ 4,1 bilhões.

Os geradores interessados em vender energia para Furnas fizeram ofertas para quatro produtos: duas entregas de energia eólica e duas de solar nos submercados Sudeste/Centro-Oeste, Sul e Nordeste de 2024 a 2038. Participaram do leilão SPEs, subsidiárias integrais e consórcios. Os interessados também precisaram apresentar histórico positivo na implantação de empreendimentos e demonstrar parâmetros econômico-financeiros saudáveis.